Aparador de Grama Elétrico AP 1000, 1000 W/ 127V

Aparador de Grama Elétrico AP 1000, 1000 W/ 127V

Descrição

Para fazer acabamentos, contornos e bordas o aparador de grama AP1000 é a melhor opção. Criado especialmente para aparar locais que o cortador não consegue atingir, ele garante muito mais facilidade e um acabamento perfeito na hora de cortar e aparar o jardim. Produto certificado pelo Inmetro conforme OCP-0034, NCC, Segurança, Compulsório.

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom

  • Visualização: 1826
  • Modelo: Aparador de Grama Elétrico AP 1000, 1000 W/ 127V
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$0,00
  • Sem impostos: R$0,00

Etiquetas: Aparador de Grama Elétrico AP 1000, 1000 W/ 127V


Missão

Buscar satisfação dos clientes através da comercialização de produtos e soluções em materiais de construção e acabamento, atuando com responsabilidade social e comprometimento com o Meio Ambiente.

Visão

Ser referência no mercado de comercialização de produtos para a construção civil em todo o estado do Pará, através da excelência de atendimento e fidelização de nossos clientes.

Valores

Qualidade

Excelência Operacional

Responsabilidade Socioambiental

Parceria com Clientes e Fornecedores

ACIA - Associação Empresarial de Ananindeua

Na ACIA, Macaíba atuou como presidente (2011-2012) e ajudou há 12 anos atrás na criação do Conjove – Conselho dos Jovens Empresários e do CME – Conselho da Mulher Empresária, que hoje fortalecem a ACIA. No dia 13 de março de 2014, aniversário de 12 anos do CONJOVE, o empresário foi homenageado como Amigo do CONJOVE é o mesmo que ser homenageado por um filho, porque fazia parte da diretoria ACIA e trabalhei na criação do CONJOVE.

Hoje, a loja Só Irmãos faz parte do ACIA Sustentável, que orienta a organização da empresa otimizando o relacionamento com o funcionário junto à segurança do trabalho, providenciando certidões negativas, até a segurança geral do prédio e ações sociais. “Danúbio foi o mestre dos mestres. Ele ensinou que devemos ser diferente. Ele não tinha medo da concorrência e mostrou isso na ACIA. Ele incentivava o crescimento e deixou uma lição: não é dividindo que se cresce e sim somando que se cresce” diz Macaíba sobre o amigo.